Nosso Mundo de Hoje…

images.jpgBlogNesta semana o PAPA Francisco disse uma frase para exprimir seu sentimento sobre o mundo no qual estamos vivendo atualmente. Ele disse: “Estamos vivendo uma terceira guerra mundial fragmentada”. E pensei em quão bem analisada foi a nossa atual situação mundial. Povos que realmente NÃO QUEREM A PAZ. O prazer em criarem guerras é que os fazem buscar desculpas e justificativas para atacarem uns aos outros. É impressionante o que o DESEJO de Poder faz com as pessoas e elas vão perdendo totalmente a lucidez do que significa “VIDA”. Este desejo da guerra vai fazendo seus “soldados” em qualquer segmento do cotidiano. Outro dia, vi no metrô um jovem pedindo, “dá licença”, mas ao mesmo tempo que pediu, empurrou a pessoa da sua frente. O pedido não teve importância nenhuma, falou apenas por falar e ainda achou ruim quando a pessoa empurrada falou – “Não dá para esperar eu te dar a licença sem me empurrar?”. Assim estamos nós, brigando por nossa sobrevivência num mundo onde as pequenas guerras do dia a dia estão formando pessoas para fingirem e acreditarem que se importam com os outros. Pessoas que querem brigar para defenderem seus pontos de vista a qualquer preço, mesmo que para isto eu tenha que “Matar” o outro, sejam com palavras ou atitudes, mas o importante é estarem “conectados” com os fatos.         Graças a Deus ainda temos muitas coisas boas sendo feitas entre as pessoas, mas a maldade está tomando conta de muitos corações e com ela vêm todos os seus derivados, como a maledicência, a impiedade, o ódio, e também a falta de discernimento para que cada um possa fazer uma autoavaliação, reconhecer seus erros e antes de querer corrigir o mundo, “corrigir a si mesmo”.                                                           Citando o filósofo Sócrates:- “Não penses mal dos que procedem mal; pensa somente que estão equivocados”. – ” Existe apenas um bem, O SABER, e apenas um mal,            A IGNORÂNCIA”. – “Quanto a mim, tudo que sei é que nada sei”.

A Política e os seus Políticos…

Blog-PolíticaJá já chegarão as eleições novamente, e como sempre, é tudo a mesma coisa  desde que me conheço por gente. Outro dia eu estava pensando, como queremos que “a política” seja diferente se desde que o mundo é mundo, sempre foi assim? “Os políticos” querem o bem deles e também tirar vantagem de um cargo. Política para mim, NÃO DEVERIA SER PROFISSÃO. Ser político deveria ser um cidadão que quer o bem do seu bairro, da sua cidade, do seu estado e do seu País, mas como um dever de cidadão e não como uma profissão remunerada, porque é daí que “os interesses” aparecem visando o bem deles próprios ( $$$ ) e não o do povo. Eles cuidam de muito dinheiro que não lhes pertence, mas que os tentam demais a quererem ter o que não têm e também aumentarem suas contas bancárias. Fico assistindo o horário eleitoral, (não sempre, porque ninguém é de ferro), vejo os cartazes nas ruas, e me pergunto: quem acredita que estas pessoas realmente querem alguma coisa para o povo? Fotos de homens e mulheres com seus cachorrinhos, sorrisos falsos, e muito muito mais. Também me pergunto: se ser político é uma profissão, porque não exigir maior PREPARO dos candidatos para poder exercê-la? Porque Política e Religião querem andar juntas? Para “boas obras” é que não é, e temos muitas provas disto, mas perto das eleições, todos são religiosos. Para muitos pastores, além das ofertas dos fiéis, querem também assegurar outras fontes para suas “igrejas”. Para os políticos, terem estes fiéis nas urnas vale mais do que qualquer ética de crença ou valores. Se é uma profissão, para ser político todos deveriam pelo menos saberem  ler, conhecerem as cidades e seus problemas, os estados e suas capitais, e as leis do nosso País, e isso seria só um mínimo, mas nem de longe é isto que vemos por aí.                                     Vejo o governo atual, com tanta corrupção, tantas provas das desonestidades e roubos aos cofres públicos, amantes envolvidas, doleiros e suas secretárias, julgamentos forjados, e tudo isto rodeado de “tanta inocência” dos que estão envolvidos. Para mim, só podem ser protegidos da imprensa e também pelo esquecimento e ignorância do nosso povo, que mostra esta ignorância política na hora das pesquisas eleitorais, onde comprovamos que a maioria do nosso povo REALMENTE não se importa e até gosta de ser  roubada. Quando vemos alguns candidatos de Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo e por todo Brasil, percebemos que a realidade não me deixa mentir. Vamos aguardar o que o povo vai decidir pra si, mas lembrem-se, depois, NÃO ADIANTA RECLAMAR…e vamos as urnas!!!